20090519

UMA HOMENAGEM A DOUTORA MAURICIA QUE ESTEVE CONOSCO EM GRANDES BATALHAS

CERTA VEZ, UM EMINENTE CIRURGIÃO FRANCÊS FOI CHAMADO ÀS PRESSAS A FIM DE REALIZAR UMA MELINDROSA OPERAÇÃO NO PODEROSO ESTADISTA CARDEAL DE RICHELEEU, PRIMEIRO MINISTRO DA FRANÇA.
O CIRURGIÃO, AO ENTRAR NA SALA DE OPERAÇÕES, JÁ ENCONTROU DEITADO O FAMOSO CARDEAL NA MESA PRÓPRIA, VESTIDO COM A LONGA BATA BRANCA E CERCADO PELOS DEMAIS MÉDICOS E ENFERMEIRAS QUE ATUARIAM COMO AUXILIARES NA CIRURGIA.
SEM RODEIOS, O RENOMADO CIRURGIÃO CUMPRIMENTOU SECAMENTE O CIDADÃO ENFERMO, O QUAL, INDIGNADO, ESTRANHOU O FRIO TRATAMENTO DISPENSADO A TÃO ILUSTRE PERSONAGEM.
COM INDIGNAÇÃO, O TEMIDO POLITICO ADVERTIU O MÉDICO:
-ATENTE BEM PARA A INSOLITA RESPONSABILIDADE QUE PAIRA SOBRE OS SEUS OMBROS. NÃO VÁ TRATAR-ME COMO OS MISERÁVEIS INDIGENTES DO SEU HOSPITAL.
-EMINENCIA - RETRUCOU O MÉDICO, SISUDAMENTE - CADA UM DESSES MISERÁVEIS INDIGENTES, COMO LHE SATISFAZ CHAMÁ-LOS, É CONSIDERADO AOS MEUS OLHOS COMO UM PRIMEIRO MINISTRO.

E A PROPOSITO DE TÃO LAMENTÁVEL EPISÓDIO, E COM TANTA NOTICIAS EM NOSSO PAÍS, COMANDADO POR PESSOAS QUE ESQUECEM SUAS ORIGENS E A REALIDADE DA POPULAÇÃO QUE OS ELEGE, FAÇAMOS UMA ORAÇÃO:
"DO DESEJO DE SERMOS GRANDES, IMPORTANTES E PODEROSOS, LIVRA-NOS, Ó MEU DEUS!"

Nenhum comentário: