20130914

Aquele que sabe o que deve ser feito e não faz, comete pecado. Tiago 4:17

Primeiro dia de aula, o professor de 'Introdução ao Direito' entrou na sala e a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila:
- Qual é o seu nome?
- Chamo-me Nelson, Senhor.
- Saia de minha aula e não volte nunca mais! - gritou o desagradável professor.
Nelson estava desconcertado. Quando voltou a si, levantou-se rapidamente, recolheu suas coisas e saiu da sala.
Todos estavam assustados e indignados, porém ninguém falou nada.
- Agora sim! - vamos começar .
- Para que servem as leis? Perguntou o professor - Seguiam assustados ainda os alunos, porém pouco a pouco começaram a responder à sua pergunta:
- Para que haja uma ordem em nossa sociedade.
- Não! - respondia o professor.
- Para cumpri-las.
- Não!
- Para que as pessoas erradas paguem por seus atos.
- Não!
- Será que ninguém sabe responder a esta pergunta?!
- Para que haja justiça - falou timidamente uma garota.
- Até que enfim! É isso, para que haja justiça.
E agora, para que serve a justiça?
Todos começaram a ficar incomodados pela atitude tão grosseira.
Porém, seguíamos respondendo:
- Para salvaguardar os direitos humanos...
- Bem, que mais? - perguntava o professor .
- Para diferençar o certo do errado, para premiar a quem faz o bem...
- Ok, não está mal porém respondam a esta pergunta:
"Agi corretamente ao expulsar Nelson da sala de aula?"
Todos ficaram calados, ninguém respondia.
- Quero uma resposta decidida e unânime!
- Não! - responderam todos a uma só voz.
- Poderia dizer-se que cometi uma injustiça?
- Sim!
- E por que ninguém fez nada a respeito? Para que queremos leis e regras se não dispomos da vontade necessária para praticá-las? Cada um de vocês tem a obrigação de reclamar quando presenciar uma injustiça. Todos. Não voltem a ficar calados, nunca mais! 
Vá buscar o Nelson - Disse. Afinal, ele é o professor, eu sou aluno de outro período.

Aprenda
: Quando não defendemos nossos direitos, perdemos a dignidade e a dignidade não se negocia.
Este é um  presente do meu grande amigo Renato!
  

20130912

Eis Que Deus é a Minha Salvação; Nele Confiarei. Não temerei, porque o Senhor, sim o Senhor é a Minha Força e o Meu Cântico;. E se tornou a Minha Salvação" Isaías 12:02.

Durante  momentos terríveis de uma guerra relâmpago, um pai segurando seu filho pequeno pela mão saiu correndo de um predio que havia sido atingido por uma bomba.
Logo em frente avistou um grande buraco feito por uma bomba.
 Tentando abrigar-se o mais rápido possível, o pai saltou para dentro do buraco e levantou seus braços para receber seu filho.
Apavorado e ouvindo a voz do seu pai que o mandava pular o menino disse:
-Não posso ver você.
O pai olhando para o ceu avermelhado pelos predios em chamas, gritou para uma silhueta que era o seu filho:
 -Mas eu posso ver você. Pule!
O Menino saltou só porque confiava em seu pai,
A fé cristã nos ajuda a encarar situações de vida ou de morte.
Não porque podemos ver. Mas porque temos a certeza de que somos vistos.
Não porque conhecemos todas as respostas, mas porque somos conhecidos de quem conhece tudo.
A grande tranquilidade do cristão consiste em confiarmos num Deus a quem escolhemos servir de de quem nos tronamos filhos pelo mérito do Salvador Jesus Cristo.
Nele podemos confiar, sabendo que cuida de nos a todo momento e em qualquer circunstancia.
O amor de do nosso Pai Celestial nos enche de paz, mesmo na mais dificil tempestade que venhamos a enfrentar. Pode ser uma terrivel situação financeira, estejamos certos de que está por perto e em ação a nosso favor 
Se o Problema é de enfermidade, Ele está ao nosso lado.
Se tudo parece dar errado, creiamos firmemente  que Ele está nos observando e que a qualquer momento alcançaremos a nossa vitoria sob as Suas bençãos.
Mesmo que olhemos adiante e não consigamos ver nada, continuemos confiante sem temor. Ele jamis falhará. Seus braços nunca estão encolhidos.
O Pai nos vê e está sempre de braços abertos para nos receber e nos fazer muito mais que vencedores por Aquele que nos amou: Jesus, o Cristo.