20130329

Disse-lhe pois Pilatos:"Que farei, então, de Jesus chamado Cristo?" Disseram-lhe todos:"Crucifica-o!!"


 Venceu!
Por mim, por ti, por nós!
Isso é amor!


"O sumo sacerdote lhe tornou a perguntar, e disse-lhe: És tu o Cristo, Filho do Deus Bendito? E Jesus disse-lhe: Eu o sou, e vereis o Filho do homem assentado à direita do poder de Deus, e vindo sobre as nuvens do céu. " Marcos 14.61-62


Os sapos somente percebem a presença dos insetos quando eles se movimentam.
Podem estar sentados sobre milhares de insetos e morrer de fome.
Dois cientistas passeando num bosque, observavam a água límpida de um córrego.
Enquanto debatiam sobre poluição e pureza daquela água, um passarinho pousou e bebeu.
Os dois homens continuaram com sede, sem beber, embora a água estivesse à sua disposição.
Os principais líderes religiosos, em nosso texto, estavam diante de JESUS e não experimentaram ajuda de Sua presença Amiga e Poderosa.
O próprio Sumo Sacerdote estava diante do Pão da Vida e perguntou: “És Tu o Pão da Vida”?
Estava diante da Água da Vida e perguntou: “És Tu a Água da Vida”?
Poderia ter comido e bebido a vontade, experimentado a bênção salvadora, curativa e santificadora da presença de JESUS e não provou nada!
Numa festa, insistiram com um jovem para que sentasse à mesa e provasse da refeição, bebida e sobremesa.
Ele insistiu em não participar.
Por razões esquisitas, ele estava com fome e continuou com fome.
Podemos estar bem perto de JESUS, e mesmo assim, distante dEle.
Podemos esta na presença da pessoa e nos sentir solitários.
Podemos ter uma família e viver sem convívio profundo e com falta de diálogo.
Podemos ter uma Bíblia e mantê-la fechada sem ler e estudar.
Podemos ter uma casa bonita e não ter nela um lugar para orara e ter comunhão com DEUS.
Podemos ter uma Igreja e viver como se fosse um clube de diversões.
Podemos ter tudo e, na realidade, nada termos.
JESUS deu ao Sumo Sacerdote a mesma resposta que dá para nós: “Eu sou o CRISTO, o Filho do DEUS Bendito”.
O Sumo Sacerdote ficou aborrecido com essa resposta.
Qual a nossa reação à resposta de JESUS?
"Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra." Jó 19.25

20130322

DEUS RECOMPENSARÁ CADA UM SEGUNDO AS SUA OBRAS. rOMANOS2:6


 DA NET PRA TI

IDEIAS
DE GENTE
MUITO MARAVILHOSAS!



"Não te disse que, se creres, verás a glória de Deus?" João 11:40



Um jovem de apenas 15 anos estava no ônibus quando Deus tocou no coração dele e pediu:
-Levante do banco e diga aos passageiros sobre a volta de Cristo.
Quando um homem sentado La atrás gritou ao garoto, cale a boca e senta...

O garoto envergonhado sentou, mas novamente foi tocado e levantou dizendo as mesmas palavras e o homem o ameaçou em dar alguns tapas, e o menino se calou.

Mas Deus continuava tocando seu coração ele se levantou e gritou que Jesus estava voltando, o homem com o filho no colo, foi em direção ao garoto para agredir quando a criança disse...

Papai não bate nele não, ele é enviado de Deus,

Este homem se colocou em lagrimas...

O jovem perguntou:

E agora Por que esta chorando?
Ele respondeu:

Foi um milagre! Meu filho era mudo e agora esta falando!

20130320

E esta é a promessa que Ele nos fez: a vida eterna!1João2:25





Aparta-te do mal e faça o bem;busque a paz e segue-a. Tiago 3:11

Um Pastor com Coragem!
Interessante oração feita em Kansas na sessão de abertura do Senado deles. Parece que oração ainda chateia algumas pessoas. Quando pediram para o ministro Joe Wright abrir a nova sessão do Senado de Kansas, todos estavam esperando o tradicional discurso, mas isso foi o que eles ouviram:
Pai celeste, nós estamos diante de Ti hoje para pedir Teu perdão e para buscar Tua direção e liderança.
Nós sabemos que Tua palavra diz, 'Cuidado com aqueles que chamam o mal de bem,' mas isto é exatamente o que temos feito.

Nós perdemos nosso equilíbrio espiritual e revertemos nossos valores.
Nós exploramos os pobres e chamamos isso de loteria.
Nós recompensamos preguiça e chamamos isso de bem-estar.
Nós cometemos aborto e chamamos isso de escolha.
Nós matamos os que são a favor do aborto e chamamos de justificável.
Nós negligenciamos a disciplina de nossos filhos e chamamos isso de construção de auto-estima.
Nós abusamos do poder e chamamos isso de política.
Nós invejamos as coisas dos outros e chamamos isso de ambição.
Nós poluímos o ar com coisas profanas e pornografia e chamamos isso de liberdade de expressão. Nós ridicularizamos os valores dos nossos antepassados e chamamos isso de iluminismo.
Sonda-nos, oh, Deus, e conhece os nossos corações hoje; nos limpa de todo pecado e nos liberta. Amém!' A resposta foi imediata. Um número de legisladores saíram durante a oração em forma de protesto. Em 6 semanas, a igreja chamada Central Christian Church, onde o Rev.. Wright é pastor, recebeu mais que 5.000 ligaçoes e somente 47 foram negativas. A igreja agora está recebendo pedidos internacionais de cópias desta oração, como a Índia, África e Korea.
O comentarista Paul Harvey colocou essa oração no ar no seu programa de rádio 'O Resto da História', e recebeu o maior índice de ouvintes que o seu programa já teve.
Com a ajuda do Senhor, deixe essa oração ir para todo o canto da nossa nação. Para que essa oração, novamente, de todo o nosso coração volte a ser nosso desejo, para que possamos de novo ser chamados 'uma nação dirigida por Deus'

20130315

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças” - Eclesiastes 9:10


UMA HISTÓRIA QUE TODO CHEFE DEVE LER...
 
Um açougueiro estava em sua loja e ficou surpreso quando um cachorro entrou.
Ele espantou o cachorro, mas logo o cãozinho voltou. Novamente ele tentou espantá-lo, foi quando viu que o animal trazia umbilhete na boca.
Ele pegou o bilhete e leu: - 'Pode me mandar 12 salsichas e uma perna de carneiro, por favor. Assinado:'
 Ele olhou e viu que dentro da boca do cachorro havia uma nota de 50 Reais.
Então ele pegou o dinheiro, separou as salsichas e a perna de carneiro,colocou numa embalagem plástica, junto com o troco, e pôs na boca do cachorro.
O açougueiro ficou impressionado e como já era mesmo hora de fechar o açougue, ele decidiu seguir o animal.
O cachorro desceu a rua, quando chegou ao cruzamento deixou a bolsa no chão, pulou e apertou o botão para fechar o sinal. Esperou pacientemente com o saco na boca até que o sinal fechasse e ele pudesse atravessar a rua.
O açougueiro e o cão foram caminhando pela rua, até que o cão parou  em uma casa e pôs as compras na calçada. Então, voltou um pouco, correu e se atirou contra a porta. Tornou a fazer isso.
Ninguém respondeu na casa.
Então, o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo, foi até a janela e começou a bater com a cabeça no vidro várias vezes. Depois disso, caminhou de volta para a porta, e foi quando alguém abriu a porta e começou a bater no cachorro.
O açougueiro correu até esta pessoa e o impediu, dizendo:
  -'Por Deus do céu,o que você está fazendo? O seu cão é um gênio!'
A pessoa respondeu: - 'Um gênio? Esta já é a segunda vez esta semana que este estúpido ESQUECE a chave!!!'
  Moral da História:
  ' Você pode continuar excedendo às expectativas, mas para  os olhos de alguns, você estará sempre
abaixo do esperado'
 
Qualquer um pode suportar a adversidade, mas se quiser testar o caráter de alguém, dê-lhe o poder.

Se  algum dia alguém lhe disser que seu trabalho não é o de um profissional, lembre-se:
Amadores construíram a Arca de Noé e profissionais, o Titanic.

Quem conhece os outros é inteligente. Quem conhece a si mesmo é iluminado. Quem vence os outros é forte. Quem vence a si mesmo é invencível

 PENSE NISSO!  

20130313

"Torno a trazer isso à mente, portanto tenho esperança. A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade" Lamentações 3:21;23


Você certamente já deve ter-se sentido como aquele homem que desalentado, viu sua vida mergulhar numa longa e infindável noite.

Noite longa, escura e obscura.
Noite de enfado e canseira, noite cujas horas demoravam a passar.
Ao se deitar naquela noite os seus cabelos eram pretos, quase negros, e ao acordar na manhã seguinte eles estavam brancos.
Talvez fossem as lágrimas, derramadas na noite tempestuosa.
O mundo ruíra. 
As manhãs por mais claras e belas que fossem eram sempre encaradas com o cenho franzido e exausto, enfadado e enfastiado.
Cinzentas, extremamente cinzentas.
Tudo parecia tão distante e inacessível.
Por vezes pensava que Deus havia esquecido dele, porém Deus não havia esquecido dele e de nenhum dos seus filhos.
É que o homem, na sua angústia e dor, não havia notado a presença de Deus nos detalhes, nas coisas que o circundavam.
Até das flores muito apreciadas ele já não conseguia sequer lembrar dos aromáticos perfumes delas.
Tudo era por demais sombrio e tristonho.
Mas Deus estava ali.
Um dia o homem começou a se perguntar o porque de tudo aquilo.
Não encontrou respostas.
Novamente perguntou e insistiu na pergunta.
Novamente ficou sem respostas.
Então ele se deu conta de que as respostas para a sua dor estavam ali diante dele, no dia radiante, esfuziante e esplêndido.
Como ele não se dera conta antes?
Quanto tempo ele havia perdido. Então ele arriscou tudo numa única e definitiva frase.
Bom dia, Esperança!
A sua mente desanuviara-se por completo e num momento, precisamente no instante seguinte ele pode notar e sentir de que a Esperança jamais o abandonara.
A Esperança havia estado ao lado dele o tempo todo, mas na sua lenta e sofrida agonia ele não pode vê-la em instante algum.
De todos os meios e formas ele traria à memória tudo aquilo que lhe pudesse lembrar a Esperança.
E tudo a sua frente parecia lhe mostrar a Esperança.
Bendita Esperança. Onipresente Esperança.
Os dias de escuridão e desânimo já haviam ficado para traz.
Até as flores pareciam exalar o mais puro dos perfumes.
A vida havia voltado, apesar dos cabelos brancos.
Ele acordara do pesadelo e da longa e infindável noite.
Tudo por causa da Esperança. Bendita Esperança!
Onipresente Esperança!
Por isso a cada manhã ele saudava:
Bom dia, Esperança!