20110118

"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." Rm8:28

É interessante pensar que em boa parte das reuniões entre cristãos, alguém sempre pergunta à congregação:
- "Quem está feliz com Jesus diga amém!"
E todos a uma respondem em coro:
"Amém!"
É comum repetir-se a pergunta, e exigir uma maior veemência e euforia na resposta, e esta vêm na dose em que se é exigida:
"Améeeem!"
O interlocutor então, se dá por satisfeito com seu público e segue dando prosseguimento ao programa eclesiástico, ciente de que tem diante de si pessoas satisfeitas e felizes com Jesus. Mas, eu sempre me questionei, porque uma segunda pergunta nunca é feita, aliás, a única que deveria ser feita, a pergunta realmente vital e crucial:
"Se Jesus está feliz com você diga amém!"
Imagine esta pergunta sendo feita, qual não seria a reação do público?
Cairia como uma bomba no meio do povo de Deus!

Mas, pense comigo: Existe alguma razão para alguém não estar feliz com Jesus, especialmente um filho de Deus?
Existe um mínimo de bom senso nesta questão?Alguém que nunca mentiu e jamais mentirá para nós, embora sejamos capazes de mentir para Ele;
Alguém que nunca nos enganou e jamais nos enganará, embora tentemos por vezes enganá-Lo com nossas desculpas e meias verdades;
Alguém que nunca nos traiu e jamais trairá, embora muitas vezes seja por nós traído;
Alguém que sempre atendeu e atenderá às nossas súplicas, embora nem sempre poderá contar com a nossa disposição para fazer Sua vontade;
Alguém que salvou os que se estavam perdidos;
Alguém que se sacrificou por nós e que por nós deu a própria vida, embora tenhamos grande resistência em fazer algum sacrifício por Ele;
Alguém que nos amou, embora muitos não reconheçam isso;
Alguém que sempre se importou conosco, ainda quando nem O conhecíamos;
Alguém que abençoa aqueles que amaldiçoam;
Alguém que perdoa os que resistem em dar perdão;
Alguém que nunca abandona mesmo aqueles que insistem em deixá-Lo;
Alguém que nos respeita e honra, mesmo quando o difamamos e desonramos.
Alguém que é santo, mas insiste em viver entre os pecadores;
Alguém que nos oferece coisas que jamais seríamos merecedores;
Alguém que não se envergonha de nos apresentar diante do Pai, ainda quando nós mesmos nos envergonhamos de apresentá-Lo e confessá-Lo diante dos homens;
Alguém que vem ao nosso encontro, mesmo quando nos escondemos e fugimos dEle;
Alguém que sempre cumpriu e cumpre o que promete, ainda que estejamos sempre falhando naquilo que prometemos. Então, haveria alguma razão para não estar feliz com Jesus?
Este amigo que nos ama, que deu a vida por nós, que nos perdoa, que atende às nossas súplicas, que cuida de nós, que nunca nos trai, nem engana ou jamais nos abandona, que nos dá o que não merecemos, que nos respeita, que nos honra, que vem ao nosso encontro, que nos resgata e redime, que nos salva, que nos exalta, que nos transforma, que nos dá a alegria, a paz e a vida eterna? Não seria mais real e sensato fazer um auto-exame e pensar se verdadeiramente Ele está feliz comigo?

Se tenho trazido alegria ou desgosto ao Seu coração?

Se o lugar que tenho freqüentado, se as pessoas com quem tenho andado, se as festas que tenho participado, se as palavras que tenho proferido, se os pensamentos que tenho tido, se os desejos que tenho alimentado, se o que ando vendo e ouvindo, se a maneira como tenho me comportado, tem alegrado ou entristecido o coração do meu Senhor?

Tenho recebido com alegria o quinhão que Ele me deu, ou vivo a murmurar, declarando que estou insatisfeito(a) com a maneira como Ele tem cuidado de mim?

Nos momentos difíceis porque passo tenho recorrido a Ele e confiado que Ele é suficiente para me dar a vitória, ou recorro a outros meios e pessoas, declarando assim que não confio muito que Ele seja capaz de reverter a minha sorte?

Então, posso declarar com segurança:
"Eu estou feliz com Jesus, e você?"
Mas, talvez, seja um pouco mais difícil inverter esta declaração e afirmar com a mesma segurança:
"Jesus está feliz comigo, e com você?"
Mas é desta certeza que precisamos, Jesus fez e continua a fazer o de melhor para nós.
Tem nos alegrado, confortado, trazido segurança e confiança aos nossos corações.
Cabe a nós agora cumprir a Sua vontade e trazer alegria ao Seu coração. Portanto, viva de tal modo que, quando te perguntarem:
"Se Jesus está feliz com você diga amém!"
Você possa dizer com veemência, segurança, euforia e em alto e bom som:
"Améeeem!"
Na certeza de que Ele testificará favoravelmente.

Nenhum comentário: