20110506

TU MEU FILHO, OUVE E TORNA-TE SÁBIO; ALEGRAR-SE-A MEU CORAÇÃO. Proverbios 23:15

A forma que Deus encontrou de materializar-se
ao nosso lado em todos instante, foi criando a mãe da gente.
Sim porque Kalil Gibran sabiamente já disse que
mãe está sempre com o filho, mesmo quando não o leva junto.
Frases lindas, idéias verdadeiras. Descobertas que fazemos quando Deus nos concede a graça de
sermos mãe.
E é também atravez da maternidade que compreendemos aquele olhar tão terno na hora da dura correção; aquele cálido afago num momento de dor; ou ainda aquele olhar de cumplicidade quando o temor nos apressionava numa hora de indecisão...Mãe é certamente a definição de um verdadeiro sentimento: que ama incondicionalmente; que perdoa permanentemente, que trabalha arduamente e chora silenciosamente, enquanto desliza pela vida, procurando recolher o que esquecemos ou consertar onde nos equivocamos...
Ah, maternidade... não é vão quando Deus diz que os filhos são a herança do Senhor.
Sim, pois herança é tudo de bom, mesmo quando vem do ser humano carnal, então quando vem do Supremo Criador é imperesível(porque nunca tem defeito) é imutável(não tem pessoa mais linda) é intransferível(porque não existe ex-filho) é incontestável( simbiose do coração)é insubstituivel(o seu cheiro é único) e é inseparável(a terra não engole o amor que os une) pois passa de geração a geração.
Sim, um dia Deus chamou minha mãe de volta ao aconchego... Mamãe voltou pra casa do Pai e eu como agora, 25 depois, estava aos prantos, tremendo e inconformada. Queria disfrutar por mais tempo.
A terra não tragou o meu amor quando envolveu aquele corpo sem vida,;pelo contrário, a minha fé me garente que se eu perseverar nos caminhos do Senhhor em breve nos veremos. Ainda sinto a sua existencia. Isso mesmo. Quando olho pros meus filhos e descubro neles gestos, jeitos, modos e atitudes que não deixam dúvida de que ela vive através da minha herança, tanto na impressão física quanto no comportamento emocional quando falam sobre ela. Estão sempre buscando algo palpável em si mesmos das heranças da vovo.
Vovo, mãe duas vezes. Eu nunca mais vou esquecer a frase que ela me disse quando tomou a minha filha nos braços naquela manhã de 13 de fevereiro na maternidade: "Minha filha, quando você nasceu pensei ter sentido o que era o verdadeiro sentido de amar, mas agora com a minha neta nos braços, sinto o amor em porção dobrada."
Assim é coração de uma mãe: capaz de elevar o amor a infinita potencia sem extrair a raiz jamais.

Nenhum comentário: