20091125

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” I João 1:9

Conta-se a história de uma menina que vivia muito sorridente.
Todas as noites, antes de dormir, ela se ajoelhava ao lado de sua cama e compartilhava com Deus tudo o que tinha feito durante o dia.
Ela o tinha como seu melhor amigo, a quem podia confiar todos os seus segredos.
Mas, conforme os dias se passavam, a menina começou a ficar diferente.
Já não sorria mais como antes. Sua mãe, preocupada, resolveu perguntar o que havia acontecido.
Com lágrimas nos olhos a menina confessou :
"Colei em uma prova na escola e, por isso, perdi meu melhor amigo".
Ela sabia que havia desagradado a Deus e não tinha mais coragem de falar com Ele.
Além disso, quando tentava, não sentia que ele a ouvia.
Então a mãe abriu a Bíblia e leu o versículo de I João 1.9, ela explicou que, mesmo desapontado com aquela atitude errada, Deus não a havia abandonado. Ele estava ali o tempo todo, esperando que ela se arrependese e lhe confessasse o pecado, para dar-lhe o perdão.
Então a menina ajoelhouu, confessou seu pecado, e tudo voltou ao normal.
Mesmo sendo pecadores, Deus nunca nos abandona.
Sempre somos nós que viramos as costas para ele, por medo, vergonha, ou qualquer outro motivo. Mas ele continua ali, do nosso lado, só esperando que a gente se arrependa e volte a ter um relacionamento íntimo e sincero. Ter medo por ter cometido algum pecado e se afastar de Deus só traz mais sofrimento.
Se você está sentindo que o seu relacionamento com Deus não está bom e o sente distante, lembre-se que existe um modo de mudar esta situação.
Ele está bem perto, só esperando que você, arrependido, confesse os seus pecados, para que vocês voltem a conviver como bons amigos.
O caminho de volta a Deus passa pela confissão dos pecados.

Nenhum comentário: